Arquivo da tag: montagens

DICAS DE BLOGUEIRA PARA BLOGUEIRA! :)

Volta e meia recebemos e-mails de meninas perguntando como fazemos as montagens aqui do blog, se é algum software ou site. Pensando nisso, resolvemos fazer um post com algumas dicas que podem ser  úteis. Afinal, grande parte das leitoras de blogs tem blogs, certo? 🙂

Bom, na verdade a gente não usa nenhum site. É claro que estamos sempre em busca de inspiração e salvamos layouts que a gente gosta. Damos muito valor para a visualidade dos posts. Afinal, uma montagem imagem vale mais do que mil palavras, né? Como nós duas somos designers, temos bastante familiaridade com programas como Photoshop, Illustrator, InDesign, etc. No blog usamos os dois primeiros, mas para funções diferentes.

Muitas blogueiras usam o Photoshop para fazer suas montagens. Nós não somos fãs do programa para esse uso, afinal, o Photoshop é um software para tratamento de imagem. Existem algumas razões para ele não ser o mais recomendado para fazer as composições, especialmente virtuais: ele deixa os layouts pesados para web (pois trabalha com bitmap e não vetor), serrilha a tipografia (fica parecendo que a fonte está sem definição, sabe?) e é um pouco mais complicado para trabalhar com múltiplos elementos e alinhamentos, já que não foi criado para este fim. Em compensação, ele é campeão quando o assunto é tratamento de imagem.

Já o Illustrator, é um programa vetorial com interface bem parecida com a do Photoshop. É projetado para trabalhar com tipografia, ilustrações vetoriais e integrar esses diferentes recursos com fotografia. Definitivamente, é o gerador de imagem mais recomendado quando falamos de internet, pois, devido às suas imagens vetoriais (geradas a partir de descrições matemáticas) seus arquivos ficam bem mais leves e definidos.

É possível realizar composições legais no Photoshop, só não é o mais aconselhável. A cada nova versão os softwares ficam mais avançados, permitindo superar suas limitações técnicas. Não estamos dizendo o que é certo ou errado, estamos apenas mostrando como nós trabalhamos. Aconselhamos utilizar os programas de forma integrada, aproveitando o melhor de cada um.

Lembrando que é possível baixar a versão trial dos softwares da Adobe no próprio site deles. As versões duram 30 dias e já dá para ter uma ideia de como tudo funciona. Na verdade, é bem intuitivo. Depois que você começa a entender a lógica tudo fica mais fácil! 🙂 Ah, e sempre dá para achar tutoriais no Youtube. Ou vocês acham que só existe tutorial de make? hahaha

Além dos softwares, existem alguns sites que facilitam bastante a vida de quem não tem muita intimidade com essa “tecnologia”. Separamos alguns que podem ser uma mão na roda.

★ O Pugly Pixel é um xodó nosso. Da raiva de tão lindo, sabe? hahaha Além de vários tutoriais de coisas bonitinhas, tem vários downloads de formas, frames, enfeites, etc. E o melhor, é que vários são de graça!

★ Quer uma foto com aquele efeito de Polaroid? O Poladroid é o programa perfeito para isso! Ele é super leve e ridículo de usar.

★ Já ouvimos de várias pessoas que o Picnik é um site legal para fazer montagens. Além de tratar as imagens online, também dá para acrescentar molduras, efeitos, stickers,… Ainda nesse meio, também tem o Photovisi.

★ Quer achar uma fonte legal e de graça? Então vá direto para o Dafont, um dos maiores, senão o maior, site de fontes grátis que existe. Dá para encontrar todos os tipos e estilos. Para aqueles que topam desembolsar $$$ para conseguir uma fonte exclusiva, o My Fonts é uma ótima opção. Vale ficar de olho lá porque volta e meia tem algum download de graça! 🙂 Ah, outra dica desse site, é que é possível descobrir o nome de alguma fonte que você ache bacana. O What The Font identifica através de uma imagem qual foi o tipo utilizado. Nem sempre ele acerta, mas já conseguimos desvendar algumas vezes. 🙂

É isso meninas! Esperamos que a gente tenha ajudado de alguma forma! 🙂 Quem tiver alguma pergunta, sugestão, etc., é só deixar aqui nos comentários!

Beijos,

Mandy e Gabi

Anúncios

23 Comentários

Arquivado em DIY, Sobre o blog, Starving recomenda